Inovação

Inovação aberta: o que é e como ela pode melhorar os processos da sua empresa

Inovação aberta (open innovation) é um termo proposto por Henry Chesbrough que tem como objetivo melhorar o desenvolvimento de produtos ou serviços, aumentando a eficiência dos processos de desenvolvimento e inovação dentro das organizações.

Entendendo a importância do tema para as empresas, decidimos criar um conteúdo para explicar o que é a inovação aberta, porque as corporações deveriam investir nessa metodologia e como aplicá-la.

Confira!

O que é inovação aberta?

Henry Chesbrough, em 2003, lançou seu livro Inovação Aberta: Como criar e lucrar com a tecnologia. Nesse momento, o pesquisador implementou no mercado uma nova forma das empresas inovarem.

Assim, a inovação aberta tem o papel de acelerar o processo de inovação dentro das organizações, uma vez que é expandido os limites das companhias tornando acessível e didático os recursos e ideias internas com colaboradores externos.

Do outro lado, temos a inovação fechada que utiliza o processo de inovação apenas internamente sem qualquer troca de contato com áreas e recursos externos. Normalmente, nesse modelo são avaliadas apenas ideias que têm um potencial maior de comercialização, abandonando possíveis ideias de inovação que possam gerar bons frutos para a empresa.

Então, a maior diferença da inovação fechada com a inovação aberta é que na primeira, todo o processo de ideias, investigação, elaboração e desenvolvimento do produto ou serviço é feito exclusivamente com colaboradores e recursos internos.

Já na inovação aberta, parte do processo pode ser absorvido recursos externos aumentando a eficiência do processo de inovação como são os casos de parcerias com startups. Nesse caso, a utilização de recursos tecnológicos ou de ideias inovadoras são muito comuns no mercado, gerando a compra ou incorporação de tecnologias criadas por terceiros, agilizando e deixando o processo de inovação mais eficiente nas grandes empresas.

Existem dois tipos de inovação aberta:

  • Inovação aberta de entrada
  • Inovação aberta de saída

Inovação aberta de entrada

A inovação aberta de entrada é quando acontece o mapeamento de empresas, tecnologias e ideias que podem ser uma oportunidade de solução de um problema interno de um produto ou serviço ou até mesmo uma nova oportunidade de produto para ser lançado no mercado.

Inovação aberta de saída

Já a inovação aberta de saída, a elaboração de ideias e geração de oportunidades acontece exclusivamente no ambiente interno da empresa. Só após essa etapa que acontece o mapeamento de parceiros externos para validar o projeto.

Quais são os benefícios da inovação aberta?

Por a inovação aberta buscar acessos a tecnologia e soluções que muitas vezes já foram feitas e testadas, o investimento em pesquisa e desenvolvimento reduz. Além disso, o risco da tecnologia ou da ideia da solução não ser ideal ou até mesmo não funcionar também é reduzido, já que o produto está semi pronto ou pronto.

Além desses dois benefícios essenciais da inovação aberta, podemos destacar outros como:

  • Acelera o tempo de inovação:  como a uma divisão de trabalhos dentro do processo de inovação com os parceiros externos com os colaboradores internos, o projeto se desenvolve com muito mais agilidade;
  • Aumenta a eficiência dos projetos de inovação: a incorporação de tecnologias, ideias, patentes de terceiros faz com soluções que muitas vezes não teriam sido pensadas e produzidas, sejam adotadas. Além disso, é possível utilizar de recursos que a corporação, por vezes, não possui;
  • Aumento do ambiente inovador dentro das grandes empresas: as parcerias de startups inovadoras com grandes empresas é uma boa oportunidade para as corporações abraçarem a cultura de inovação e incorporarem dentro da empresa de forma mais ativa;
  • Inovação de produtos já existentes: produtos já desenvolvidos dentro de uma corporação muitas vezes podem ser melhorados, basta uma equipe que geram novas ideias e soluções;

Qual a diferença da Inovação aberta x Inovação fechada?

Para ficar mais simples o entendimento entre cada tipo de inovação, separamos as principais características que distinguem cada uma:

Inovação fechadaInovação aberta
Um grupo fechado de pessoas trabalhando para desenvolver um produto ou serviçoMúltiplos grupos competentes e especialistas para desenvolver um produto ou serviço
Falta de integração com os recursos externosIntegração com recursos internos e externos
Lentidão no processo de inovaçãoPor não precisar criar todo o sistema internamente, o processo se torna muito mais ágil
Necessidade de criação de várias equipes, aumentando o custo de desenvolvimentoCusto de desenvolvimento reduzido

Quais são os tipos de inovação aberta?

Existem várias maneiras de implementar open innovation nas corporações. E, por isso, é preciso conhecer as principais para poder escolher a ideal para a corporação.

Confira as principais formas de inovação aberta:

Programa de aceleração

Programa de aceleração e parceria com startups é uma maneira de conexão de grandes empresas com startups inovadoras. Essa parceria busca estimular o ecossistema de startups promovendo o empreendedorismo e inovação.

Do lado das grandes empresas, é uma ótima forma para encontrar soluções inovadores por meio de serviços, produtos ou ideias de startups.

Esse método é tão eficaz e com grande retorno, que corporações como Unilever, Ferreiro, Porto Seguro, dentre outras grandes empresas de diferentes mercados.

Hackathon

Hackathon é a combinação de duas palavras do inglês “hack” (no sentido to hack – programar com excelência) e “marathon” (maratona). A ideias é ter uma maratona de programação com excelência que pode perdurar por dias, estimulando tanto equipe de tecnologia interna de uma determinada empresa, quanto grupos externos que querem participar do Hackathon.

A competição estimula a criatividade e as habilidades dos participantes para o desenvolvimento de soluções dos desafios vivenciados pela empresa.

Essa técnica de open innovation é adotada por empresas como Google e Facebook como forma de manter a inovação sempre presente e em desenvolvimento.

Crowdsourcing

Crowdsourcing é uma forma de buscar soluções para dores vivenciadas pela empresa, por meio de ideias, serviços ou projetos de pessoas na internet. A ideia é ser uma espécie de concurso e o prêmio pode variar de acordo com as norma do crowdsourcing.

Finalizada o etapa das contribuições feitas, uma equipe fica responsável em tirar insights para implementar na empresa como forma de otimização, desenvolvimento ou implementação de um serviço ou produto.

Cocriação

Outra forma de implementar a inovação aberta é por meio do projeto de Cocriação em que empresa externa, profissionais da área, fãs ou clientes são convidados para contribuir no processo de melhoria ou inovação de um produto ou serviço.

Por ser um trabalho de colaborativo, os resultados financeiros são divididos por todos os envolvidos no projeto.

A inovação aberta está mais presente do que nunca nas grandes corporações e é uma ótima maneira de melhorar processos, serviços ou produtos, fazer networking, acelerar o processo de inovação dentro e fora da empresa.

Gostou do nosso conteúdo sobre open innovation? Assine nossa newsletter, receba nossos melhores conteúdos e continue aprendendo!

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo

Ad Blocker Detected!

Advertisements fund this website. Please disable your adblocking software or whitelist our website.
Thank You!
Fechar
Fechar