Inovação

O que é inovação disruptiva e como ela impacta impacta o mercado

O termo inovação disruptiva é um dos assuntos mais falados em conversas e discussões sobre empreendedorismo atualmente. Esse fenômeno acontece pelo motivo de muitas empresas adotarem essa metodologia para a criação de seus produtos. 

Além disso, esse é um conceito fundamental para quem deseja entender os hábitos de consumo e mercado que moldam a sociedade contemporânea. Porém, mesmo já sendo conhecido por boa parte de empreendedores, há ainda muitas dúvidas sobre o que é inovação disruptiva e qual o impacto direto para os negócios. 

O que é Inovação disruptiva

O termo inovação disruptiva foi criado em 1955, pelo professor e pesquisador de Harvard Clayton M. Christensen, para definir a transformação ou ressignificação de uma tecnologia, produto ou serviço em algo novo, mais simples, conveniente e mais acessível para as pessoas. 

De uma forma bem simples, podemos dizer que a inovação disruptiva é a responsável por levar ao mercado as novidades que transformam a maneira que as pessoas se relacionam com produtos e serviços. 

Essa mudança acontece por meio da quebra de paradigmas e estruturas consideradas sólidas para determinado tipo de mercado ou atividade. Dessa forma, o nome inovação disruptiva parte da ruptura desses conceitos, até então considerados fixos e imprescindíveis. 

Exemplos de inovação disruptiva

Nos últimos tempos, acompanhamos o surgimento de vários negócios e atividades que começaram com o pensamento de ruptura de alguns padrões mercadológicos. As Startups são os grandes exemplos de organizações que adotam essa metodologia e utilizam para embasar suas ações. 

Se não fosse o fenômeno da inovação disruptiva, algumas atividades como a comercialização de filmes, locomoção urbana, bancário e até mesmo aluguel de imóveis, provavelmente ainda seriam baseadas em padrões adotados há muito tempo. 

Podemos entender como um grande exemplo desse fenômeno os serviços bancários atualmente. Poucos anos atrás, era quase impossível pensar em operações financeiras que não eram realizadas em agências bancárias. 

O surgimento dos bancos digitais e fintechs especializadas neste serviço, abriu uma nova janela para o mercado. Simplificando, tornando mais acessível e facilitando as atividades de usuários, essas organizações redefiniram o conceito de instituição financeira e fizeram que grandes bancos fossem obrigados a acompanhar essa tendência. 

Se pensarmos que essa empresas levaram o conceito de inovação disruptiva para uma parte do mercado tão sensível, o dinheiro das pessoas, fica fácil pensar como esse fenômeno está sendo e foi aplicado em vários outros seguimentos. Empresas como Netflix, AirBnb e Waze são exemplos de organizações que mudaram a forma como o mercado consome produtos e serviços.

Como controlar o risco da inovação disruptiva

Como falamos, a inovação disruptiva é um processo que deve abranger quase todos segmentos. Isso acontece porque há a necessidade de criar formas mais simples, acessíveis e baratas de relacionar com usuários. 

Porém, é necessário estudos e pesquisas sobre o comportamento de usuários e consumidores para que a transformação seja compatível com essas necessidades. Esse processo é fundamental para evitar a criação de inovações que quebram padrões, mas que não transformam efetivamente a vida das pessoas. 

Qual o impacto da inovação disruptiva no mercado

A inovação disruptiva é um dos pilares para a criação de soluções para problemas que eram convencionais na sociedade e no mercado. Esse movimento é responsável por criar novos mercados e tornar outros obsoletos. 

Portanto, podemos entender esse processo como fundamental para moldar e para pensar o consumo e o mercado atual e do futuro. Pensar em novos produtos e novos serviços passa pelo pensamento em atender as necessidades das pessoas, sem que seja necessário ficar preso aos padrões estabelecidos em diversos setores. 

Assim, entender sobre inovação disruptiva é o caminho para entender tendências e criar soluções eficazes para problemas atuais. Ou seja, esse é um dos processos fundamentais para as organizações que querem conquistar mercado e chegar aos seus consumidores.  
Além da inovação disruptiva, um outro termo muito encontrado atualmente é inovação aberta. Veja mais sobre esse conceito no nosso outro texto.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar