Inovação

Inovação Radical x Inovação Incremental: entenda o que é e como implementar

A inovação é, sem dúvidas, um dos termos mais utilizados atualmente no mercado. Diariamente, vemos negócios e empresas serem criados e recriados para transformar o jeito que a sociedade interage com o mundo e realiza suas atividades. 

Neste cenário, vemos que a inovação radical e a inovação incremental são duas abordagens muito compartilhadas por empreendedores para criação do escopo dos seus negócios. 

Mas como saber qual tipo de inovação é a melhor para startar um negócio ou uma ideia em uma organização? Confira o significado de cada uma e entenda qual a melhor para sua empresa. 

O que é Inovação Radical

No meio empresarial, podemos dizer que inovação radical é a transformação profunda e completa de um produto ou serviço. Esse movimento acontece de uma forma drástica e cria novas relações entre mercado e consumidores/usuários.  

A inovação radical está muito relacionada com a ruptura dos paradigmas tradicionais de um mercado específico. Assim, essa é a abordagem utilizada para criar novos mercados e introduzir novos conceitos e soluções para necessidades existentes. 

O efeito dessa ruptura é a desestabilidade de produtos e serviços já existentes, explicando assim, o motivo de ser considerada uma abordagem radical de mudança.

Como saber se uma inovação é radical

Para saber se uma inovação é de fato radical, é possível utilizar 3 critérios introduzidos por Kristina Dahlin e Dean M. Behrens, pesquisadores das Universidades de Oxford e Toronto, respectivamente. Os critérios são: 

  1. A inovação precisa ser nova: a solução apresentada pelo produto ou serviço deve diferenciar de outras já encontradas no mercado. 

  2. O produto ou serviço deve ser singular: isso quer dizer que, no mercado atual, não deve ter nada semelhante ao que está sendo proposto.

  3. A solução deve ser realmente adotada: ou seja, ela deve ser adotada como um produto ou serviço que, de fato, soluciona um problema e influencia o mercado.  

Seguindo esses critérios, os pesquisados afirmam que se um produto ou serviço se enquadra dentro dos dois primeiros critérios, é considerado uma inovação radical. Além disso, se também enquadrar dentro do terceiro, é considerado uma inovação radical de sucesso. 

Principais objetivos da inovação radical:

Como falamos, um negócio que começa suas atividades com base nessa abordagem, tem como objetivo solucionar problemas ainda existentes e criar um novo mercado para um produto ou serviço. 

Porém, além disso, podemos dizer que a inovação radical apresenta alguns objetivos bem claros, que são:

  • Criar uma relação entre usuário e atividade. 

  • Levar a empresa ao papel de pioneira em um mercado determinado.

  • Conseguir lucro em um mercado não explorado.

  • Transformação de aspectos econômicos do mercado.  

Exemplo de Inovação Radical

Um dos principais exemplos de inovação radical é o mercado de smartphones “criado” pela Apple. Mesmo que a produção desse tipo de aparelho já estivesse no radar de muitas outras empresas, foi a empresa de Steve Jobs que se tornou a pioneira nesse mercado e alterou a forma que a sociedade se relaciona com aparelhos telefônicos portáteis. 

 

Ao criar o conceito de levar a internet para esses dispositivos, a Apple deu início a um novo nicho de mercado e um novo ritmo de consumo por essa tecnologia. Em pouco tempo, as empresas do ramo tiveram que acompanhar o movimento para conseguir oferecer soluções para necessidades dos usuários.

 

Os celulares que foram criados antes da invenção e divulgação do Iphone ficaram obsoletos e, rapidamente, foram esquecidos por grande parte dos consumidores. 

O que é Inovação Incremental

Diferentemente da inovação radical, a inovação incremental é menos drástica e busca levar melhorias e otimizações para produtos, serviços ou processos já existentes no mercado. 

Podemos dizer então que essa abordagem é a responsável por aperfeiçoar uma solução que já existe, de uma forma que não cause uma transformação relevante no mercado ou desestabilize padrões já estabelecidos. 

Como saber se uma inovação é incremental

É preciso deixar bem claro uma questão muito importante: embora a transformação seja mais sutil que a abordagem radical, essa abordagem também sugere mudanças e impactos para empresas e negócios. 

Dessa forma, a inovação incremental não pode ser considerada como uma melhoria contínua dessa soluções. Para que possa ser chamado de inovação incremental, é necessário que seja percebido um impacto no mercado, porém de uma forma mais sutil do que a inovação radical. 

Principais objetivos da inovação incremental 

Essa abordagem busca a evolução de soluções que já existem. Além disso, é possível destacar outros objetivos da inovação incremental: 

  • otimização e aprimoramento de um negócio;

  • redução de custos; 

  • atendimento às novas necessidades dos usuários ou consumidores; 

  • conquista de maior parte do mercado; 

  • melhoria de experiência; 

  • reposicionamento de marca no mercado; 

  • adequação à leis ou normas. 

Exemplos de Inovação Incremental

Como utilizamos o exemplo da Apple para ilustrar o conceito de inovação radical, podemos continuar nesse mercado para exemplificarmos a abordagem incremental.

 

Empresas que fabricam smartphones, e a própria Apple, estão constantemente realizando alterações em seus modelos oferecidos, com o objetivo de atender novas demandas e melhorar a experiência dos usuários. 

 

Diferentemente do que aconteceu no momento que a Apple lançou o Iphone, nenhuma mudança foi capaz de alterar o mercado ou tornar um produto obsoleto. Essas mudanças servem para evoluir os dispositivos e torná-los mais modernos. 

 

Câmeras com alto potencial de captura de imagens, maior espaço para armazenamento de dados, telas maiores, teclados touchscreen e baterias mais duradouras são exemplos de inovações que foram incrementadas aos smartphones para melhorar esses equipamentos.

 

Portanto, essas inovações não modificam a forma como o mercado se relaciona com o segmento, mas melhora a experiência de usuários e faz com que a competitividade entre as empresas aconteça. Afinal, sempre há alguma novidade a ser lançada. 

Quais são as características da Inovação Radical x Inovação Incremental

Agora que o conceito de inovação radical e incremental está claro, é preciso estabelecer uma comparação entre as duas abordagem para entender as diferenças entre elas. 

 

Para fazermos isso, preparamos um quadro apresentando as principais características de cada uma. Confira: 

 

Característica 

Inovação Radical 

Inovação incremental 

Tempo 

O processo que leva à inovação radical é longo e pode chegar a 10 anos. 

Para que aconteça a incrementação em alguma solução o tempo necessário varia de 6 meses a 2 anos.  

Custos 

É necessário investimento alto para criar algo completamente novo, único e transformador. 

Custos necessários para incrementações costumam ser mais pontuais e menores. 

Estrutura do projeto 

O projeto de uma inovação radical tende a ser complexo. Esse projeto, normalmente, é afetado por descobertas, paradas, pesquisas e informações que alteram o sentido, o caminho e os processos envolvidos nessa solução. 

Há uma estrutura linear que norteia a inovação incremental. Como ela é utilizada para melhorar um produto ou serviço, a base é a identificação do que deve ser otimizado e a execução dessa atividade. 

Processos 

É preciso estudo para criação de processos que serão necessários para a construção da solução nova. Nesta abordagem é necessário criar processos e modelos que serão utilizados e nomeados como exemplos. 

Os processos seguem o mesmo modelo e padrão definido para atender novas demandas e melhorar o que já está criado. 

Oportunidades 

São esporádicas e imprevisíveis. Dependem da aceitação do público e são marcadas pela transformação do mercado. Assim, o que era referência no mercado vira obsoleto e é criado uma oportunidade para dominação desse mercado.  

São previsíveis e antecipadas. Como a inovação incrementada acompanha uma evolução, é possível prever o movimento e os impactos de tais mudanças no mercado. 

Adversidades

Assim como as oportunidades, as adversidades dependem do trajeto da mudança e não podem ser previstas. Isso acontece por haver muitos fatores envolvidos e desconhecidos causados pela transformação drástica de padrões já estabelecidos. 

Eventos críticos podem ser antecipados por meio da análise de movimentos parecidos. 

Participantes envolvidos 

A abordagem radical envolve um grupo informal e incerto em várias etapas do projeto. Embora os principais responsáveis possam permanecer em suas funções, os outros integrantes tendem a aparecer de acordo com as demandas que podem ou não surgir durante o processo. 

Cada participante possui uma tarefa estabelecida e conhecida. Os grupos envolvidos em uma inovação incremental tendem a seguir o projeto até o fim e a conhecer o desafio no começo do planejamento de tal melhoria.

Acessibilidade para as empresas 

A busca por novos paradigmas e rupturas, normalmente, é menos acessível pois é necessário mais tempo e recursos. 

Evoluir alguma solução já existente é mais acessível, pois é possível utilizar tempo e capital usados em outro projeto e apenas otimizar o objetivo.

 Resultados da inovação radical e incremental 

Por fim, é preciso destacar que os resultados de cada abordagem, normalmente, são bem diferentes. 

A inovação radical tem como foco criar um novo mercado e lançar uma novidade. Isso faz com que a tendência seja resultados excepcionais. Deixando a empresa em uma posição de pioneirismo em relação aos demais concorrente e assumindo uma boa parte da fatia do mercado. 

Por outro lado, a inovação incremental busca reduzir custos e otimizar processos. Esse objetivo leva a resultados mais modestos e pontuais que vão depender do andamento do mercado para a definição do posicionamento da empresa. No entanto, é fundamental para não ficar para trás e acompanhar a evolução do segmento. . 

O que você achou da inovação radical e incremental? Agora entenda um pouco sobre inovação aberta.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar