Inovação

Pitch deck: o que é e 4 exemplos incríveis para você se inspirar e encantar investidores

Arrecadar fundos para um projeto de startup é um dos primeiros desafios que você, como empreendedor, vai ter que superar. O pitch deck é um dos principais auxiliares para esse processo e por isso deve ser executado da melhor forma possível.

Mas, o que é exatamente um pitch deck? Qual a estrutura deve ter essa apresentação? Ao longo desse conteúdo você vai encontrar as respostas para essas respostas e ainda conhecer alguns exemplos incríveis para se inspirar.

O que é pitch deck

Pitch deck é uma apresentação rápida e visual utilizada para encantar investidores e mostrar para um público os principais diferenciais de um negócio. Normalmente é produzido em formas de slides que dão suporte à fala de quem está expressando as ideias relevantes do projeto.

O principal objetivo desses slides é fazer que a plateia consiga visualizar o projeto. Além disso, fornecer insumos para que seja possível entender números e dados relevantes apresentados em gráficos e, principalmente, gerar interesse pela proposta divulgada.

Atualmente, o conceito de pitch já é amplamente conhecido por quem está inserido no contexto de startups e inovação. Porém, é preciso deixar claro que a preparação da apresentação visual é fundamental para a construção e o sucesso da comunicação.

Dessa forma, saber como estruturar corretamente o pitch deck é um caminho obrigatório para toda pessoa que deseja encantar seus investidores e clientes.

Como estruturar um pitch deck

Pitch decks, são adaptados de acordo com a identidade visual e a proposta de cada comunicação. Isso é algo que você deve levar para todo o processo de criação da sua empresa. Portanto, faça algo que represente o DNA da sua ideia.

Porém, há uma estrutura que está presente em boa parte das apresentações e serve para guiar sua criação, confira:

Problema: a primeira etapa da estrutura de um pitch deck diz respeito a deixar claro qual é o problema que o negócio ou projeto busca solucionar.

Solução ou Proposta de valor: depois de deixar bem claro a dor do público, é preciso apresentar a proposta para solucionar essa dor.

Panorama do mercado: após apresentar o problema e a solução, você deve apresentar a situação do mercado e a expectativa sobre a receptividade do projeto.

Modelo de negócio: com o cenário desenhado, é hora de mostrar como vai ser o ataque ao espaço do mercado identificado como oportunidade.

Clientes: É interessante a apresentação dos seus clientes para mostrar e reforçar que sua marca é referência no mercado.

Competição: nessa etapa da estruturação de um pitch deck é necessário apresentar os principais concorrentes e destacar os principais diferenciais da sua solução em comparação com outras que já existem.

Equipe: momento em que você tem a oportunidade de mostrar quem são os profissionais envolvidos no projeto e quais são as qualificações que capacitam cada um a fazer um ótimo trabalho para chegar ao resultado pretendido.

Melhores exemplos de pitch deck da história

Agora que ficou claro qual a estrutura básica de um pitch deck, chegou a hora de analisarmos os exemplos mais conhecidos e eficientes dessa apresentação.

É importante falar que essa comunicação é muito utilizada como forma de incentivar a inovação aberta nas empresas e tornar possível a apresentação de novas ideias, por isso vamos ver algumas empresas que já carregam essa características em seu DNA e podem servir como case de sucesso.

Airbnb

O Airbnb é uma empresa mundialmente conhecida, referência em locação de imóveis para temporadas e, também, em inovação. O pitch deck preparado para apresentar a marca é um dos mais conhecidos e utilizados como modelo por todo o mercado e o motivo é bem transparente: a simplicidade.

A forma como foi preparado a apresentação faz com que ela seja facilmente percebida e, além de tudo, deixe um sentimento de encantamento. A simplicidade é presente em todos aspectos, começando pela quantidade de slides (15), passando pelo design clean e terminando no texto que é pensado para que qualquer pessoa consiga ler rapidamente e entenda sobre a marca.

Facebook

A maior rede social do mundo também serve como referência quando o assunto é pitch deck de sucesso. Apesar de hoje ser uma empresa mundialmente sustentável, Mark Zuckerberg já precisou apresentar sua ideia para conseguir apoio de investidores e a solução foi uma só: apostar em dados reais.

Tamanho o sucesso do Facebook, a empresa passou a utilizar números de tráfego, engajamento e métricas de mídia em todas comunicações. Com isso, ela esperava que investidores e clientes tenham a dimensão do resultado que podem alcançar.

Buzzfeed

O Buzzfeed é um fenômeno da internet. Ninguém é capaz de falar que a empresa não seja responsável por uma representativa parcela da atenção da sociedade no mundo digital. Sabendo disso, a empresa resolveu apostar em um gatilho mental essencial para qualquer comunicação no meio digital: a prova social.

A apresentação do Buzzfeed conta com algumas informações sobre os usuários que frequentam diariamente seus posts, a relevância de cada interação e as citações em mídias e outros meios. Com isso, a empresa usa o pitch deck para criar um argumento de penetração eficiente no mercado.

Moz

Se você atua na área de marketing, em algum momento já ouviu falar sobre a Moz. A empresa é uma das referências em apoio para profissionais de SEO e de marketing digital em todo mundo.

Para conseguir investimentos para ampliar seu campo de atuação a empresa utilizou um pitch deck baseado em dois pontos essenciais: dados e humor. Ao longo da sua apresentação ela mostra números sobre o campo de atuação, o setor do mercado onde deseja atuar e ainda a expectativa de alcance. Além disso, a comunicação é realizada de uma forma leve, com balões de conversa e enunciados para entreter e encantar a plateia.

Foursquare

O Foursquare é uma ferramenta que permite que os usuários façam check-in e descubram lugares interessantes e compatíveis com o perfil de cada um próximo ao local onde estão. A grande sacada do pitch deck do aplicativo foi a utilização de interações entre usuários e a plataforma para conseguir transmitir a ideia de como acontece o efeito em quem utiliza o sistema.

Esse são os 5 principais exemplos de pitch decks para você utilizar na hora de criar sua apresentação. Como o objetivo dessa apresentação é encantar investidores, é importante que você saiba também os tipos de investimentos disponíveis para startups e projetos de inovação. Por isso, entenda o que é venture capital e private equity.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar