Entrevistas | Real EstateReal Estate

Entrevista com: Paola Torneri Porto

Sócia Diretora da Inovare Consulting e Profa. Dra. no Núcleo de Real Estate da USP

Paola Torneri Porto, Sócia Diretora na Inovare Consulting e Profa. Dra. no Núcleo de Real Estate da USP

Paola Torneri Porto, Sócia Diretora da Inovare Consulting e Profa. Dra. no Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica (USP), foi uma das profissionais entrevistadas para o estudo Liga Insights Real Estate, lançado em agosto de 2018. Durante a entrevista, Porto comentou sobre sua percepção quanto a inovação tecnológica no setor de Real Estate, as aplicações das tecnologias no dia a dia dos profissionais da área, os desafios e oportunidades de inovação em Real Estate.

O estudo completo está disponível para download neste link.

O Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica (USP) presta serviços de consultoria para empreendimentos e que constituiu o Comitê de Mercado (CM-NRE-POLI), que promove debates entre seus professores, pesquisadores, profissionais e entidades representativos do meio do Real Estate no Brasil.

Paola Torneri Porto é Graduada e Mestre em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da USP, especialista em Gestão de Projetos pela Fundação Vanzolini e em Viabilidade Ambiental, Restrições e Licenças pela Universidade Secovi e é PHD em Administração de Empresas com foco em Real Estate, também pela USP. Foi Diretora na Takaoka Desenvolvimento Imobiliário e na CBCS, além de Head de Desenvolvimento na VBI Real Estate. Também é a Presidente da LARES (Latin American Real Estate Society).

Confira a seguir a entrevista na íntegra:

Liga Insights (LI): Em qual setor da cadeia você acredita que existe mais espaço para inovações tecnológicas?

Paola Tornieri Porto (PTP): O grande impacto da tecnologia no mercado de Real Estate, na minha opinião, será em relação à experiência de busca dos imóveis e também na forma como ocorrem as transações imobiliárias. Hoje em dia, a busca por imóveis começa muitas vezes online e se efetiva presencialmente, porém a base de informações é muito dispersa, sem ferramentas inteligentes de busca. Eu vejo espaço para tecnologia na área de Inteligência Artificial (I.A.), já que, a partir do entendimento do comportamento do usuário, vai ser possível oferecer imóveis que estejam mais alinhados com a expectativa do cliente. Outro passo gigantesco será em relação às transações imobiliárias, com a evolução da tecnologia de blockchain, que pode criar plataforma e ambiente seguros para que estas passem a ser registradas online.

LI - Como a área como um todo tem interagido com essas inovações que têm surgido?

PTP - As incorporadoras têm utilizado algumas ferramentas, principalmente relacionadas à visita em 360º, realidade virtual, além de todas aquelas relacionadas à construção em si, como por exemplo o BIM (Building Information Modeling). Porém, em relação ao uso de Inteligência Artificial, nos Estados Unidos por exemplo há muitos profissionais e pesquisadores estudando este assunto, mas aqui no Brasil ainda é incipiente. Acho que ainda existe alguma resistência por parte das imobiliárias e corretores, mas é preciso uma compreensão de que isso seria uma evolução, uma oportunidade de utilizar ferramentas que permitam atender melhor o cliente.

LI - Como a falta de transparência do setor afeta os processos inerentes ao mercado de Real Estate?

PTP - No exterior, por exemplo, existem plataformas voltadas a investimentos em imóveis que, por meio do cruzamento de dados, apresentam valores de locação do imóvel e permitem analisar a rentabilidade do investimento. Há espaço para tecnologias como essa no Brasil, porque existem volumes expressivos de investimentos imobiliários, porém muita insegurança em relação à qualidade da informação. Se existir essa segurança na informação, torna-se possível a atração de mais investimento e movimentação de toda a cadeia.

LI - Como modernizar o segmento?

PTP - Eu acho que a união entre os vários players pode trazer transparência e informação para o setor. A partir do momento em que se cria esse ambiente seguro para realizar transações e existe um registro da transações de compra e venda, o setor vai conseguir dar um passo adiante. As incorporadoras terão acesso a mais informações para que possam lançar um produto adequado, bem como poderão identificar regiões com demandas específicas. Os bancos terão mais informações em relação ao valor efetivo do imóvel, facilitando o processo de financiamento imobiliário.

LI - Em relação à construção sustentável, o uso de materiais ecológicos é uma tendência?

PTP - A construção sustentável vem sendo muito estudada na construção civil há um bom tempo. Existem várias edificações com certificações de sustentabilidade. Algumas empresas multinacionais, por exemplo, exigem determinadas certificações para que possam locar um espaço corporativo, por ser uma questão alinhada à ideologia e visão da empresa. A ideia de sustentabilidade só tende a avançar em relação às questões de novas tecnologias.

Saiba o que os profissionais de grandes empresas e especialistas estão falando sobre o tema em entrevistas completas aqui

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ad Blocker Detected!

Advertisements fund this website. Please disable your adblocking software or whitelist our website.Thank You!
Fechar
Fechar