Glossário de Startup: conheça os termos mais utilizados
Inovação

Saiba quais os termos mais utilizados pelas startups e seus significados

O surgimento das startups e das novas empresas baseadas em inovação e tecnologia foi acompanhado da aparição de uma série de termos e palavras utilizadas para nomear e caracterizar processos, metodologias, etapas e outros fatos relacionados a este universo.

Entender o significado desses termos é fundamental para a ambientação desse contexto e para a boa utilização de todas as ferramentas e conhecimentos possíveis. Por isso, ao longo deste Glossário de Startup você encontrará as principais palavras presentes neste meio.

Termos de empreendedorismo

Selecionamos os termos com maior importância para o dia a dia de startups, além dos que mais aparecem em processos fundamentais para etapas como a criação e desenvolvimento de um negócio.

Glossário de Startup A – G

Aceleradora

As aceleradoras de startups são organizações responsáveis por fornecer condições para que projetos de negócios e empresas em seus estágios iniciais sejam desenvolvidos. Geralmente, as aceleradoras contribuem com mentorias, treinamentos, acompanhamentos e, em alguns casos, até com investimento para o projeto.

É importante falar que existem aceleradoras de vários formatos. Existem aquelas que são fundadas com o objetivo de contribuir para o crescimento de startups de vários formatos e tamanhos, como a Liga Ventures. Existem também as que são criadas em uma empresas e com uma determinada temática e também existem aquelas que fazem parte de programas governamentais.

Angel round

Entre as diversas etapas de uma startup, o momento de Angel Round é onde acontece a captação de recursos dos primeiros investidores anjos.

Aporte

No universo das startups, aporte diz respeito ao investimento, seja de recursos financeiros, pessoais ou intelectual, concedido à empresa. Esse termo é muito encontrado em rodadas de investimento, onde as organizações buscam investidores para realizarem aportes para financiar o desenvolvimento do negócio e expansão da atuação.

Bootstrapping

Bootstrapping é o ato de iniciar uma startup sem contar com o financiamento ou com a atuação de nenhum capital ou investimento externo. Geralmente, é o período inicial de um projeto em que os recursos utilizados para o desenvolvimento do negócio partem dos próprios idealizadores.

Break even

Break even é mais um termo relacionado com as finanças de uma startup. Na prática representa o ponto de equilíbrio financeiro de uma empresa, ou seja, o valor necessário para que a soma das receitas cubra os valores fixos e variáveis dos custos. Além disso, também pode representar o momento em que o negócio passa a oferecer lucros.

Burn Rate

Burn rate é a forma como é conhecido o fluxo de caixa negativo. Na prática, representa o tempo que uma startup consegue sobreviver sem que obtenha lucro em sua atividade.

Business Model Canvas

É um quadro de modelo de negócios utilizado para definir todo o direcionamento estratégico de uma empresa. É o padrão mais utilizado em startups e empresas de tecnologia, principalmente pela facilidade de entendimento e pela eficiência em determinar as principais características de um negócio.

Cap Table

Tabela ou planilha responsável por conter todos os investidores e acionistas de uma startup.

Coworking

É um espaço de trabalho compartilhado e colaborativo que apresenta condições para que profissionais realizem suas atividades e negócios sem que estejam em seus escritórios individuais.

Crowdfunding

É um dos principais tipos de funding buscados pelas startups. Também conhecido como financiamento coletivo, permite que várias pessoas consigam investir quantias em uma determinada startup ou projeto. Atualmente, é muito comum e realizado por meio de sites que fazem a interlocução entre investidores e negócios.

Design Thinking

É um tipo de abordagem utilizada para criação e desenvolvimento de projetos que utiliza como base a resolução de problemas a partir da construção coletiva, colaborativa e multidisciplinar.

Early Stage

De acordo com a tradução literal, early stage é a fase inicial. No universo de tecnologia e inovação empresarial, early stage representa as startups e empresas que possuem até 3 anos de fundação.

Elevator Pitch

Esse tipo de pitch é a comunicação mais rápida e direta sobre uma startup ou uma ideia. Partindo da premissa que a apresentação deve ser realizada em uma subida de elevador, deve-se em cerca de 30 segundos, tratar sobre os pontos mais relevantes do projeto.

Equity

Momento em que uma startup consegue equilibrar finanças e ganhar mercado, fazendo com que tenha estabilidade para abrir seu capital em Bolsa de Valores ou mesmo em novas rodadas de investimentos.

Escalabilidade

Escalabilidade é a capacidade que uma startup possui de aumentar sua atuação e atingir um público maior. Para isso, é necessário que, tanto a operação quanto a solução, estejam maduras e já consolidadas.

Glossário de Startup F – M

Founder e Co-founder

Founder é a pessoa responsável por fundar e idealizar a startup. Se a criação do negócio contar com o auxílio de mais pessoas, serão chamados de Co-founder.

Growth Hacking

Growth hacking é uma metodologia de crescimento de negócios desenhada por Sean Ellis. É baseado no crescimento exponencial a partir de práticas, hipóteses e experimentos que servem para acelerar vendas, marketing e operação.

Intraempreendedorismo

Intraempreendedorismo é um tipo de empreendedorismo que não possui como finalidade fundar uma nova empresa. O objetivo é criar ou desenvolver um projeto inovador que contribua com a atividade de uma organização que já está no mercado.

Investidor Anjo

Investidor anjo é uma pessoa que resolver financiar, com seus próprios recursos, o desenvolvimento de uma startup. Quando falamos em investimento anjo podemos entender sobre a aplicação de recursos materiais, como capital, e intelectual, como conhecimentos e gestão.

Inovação aberta

Inovação aberta é a metodologia que permite que empresas inovem a partir da expansão dos limites das próprias. Assim, esse tipo de inovação torna acessível e didático os recursos e ideias internas, compartilhados com a visão de colaboradores externos, que podem ser clientes ou personas ideais da startup.

Landing Page

É uma página web simples, destinada às conversões de visitantes em leads. Também conhecida como LP, faz parte de boa parte das estratégias de marketing digital e, normalmente, servem para oferecer um produto ao usuário do site ou redes sociais.

Lean Startup

Lean Startup é um modelo de negócio que ficou famoso após ser trabalhado por Eric Ries em seu livro “Lean Startup”. Essa metodologia é baseada na eliminação de desperdícios na operação de uma startup.

Mentor

No universo das startups, Mentor é uma pessoa experiente em algum tema fundamental para o crescimento das empresas que leva esse conhecimento aos profissionais e criadores de novos negócios. O processo de mentoria é um dos mais importantes e que mais contribuem para a criação de startups de sucesso.

MEI

MEI é a sigla para Microempreendedor Individual. Trata-se de um registro oficial de pessoa jurídica destinado ao profissional autônomo que presta um serviço ou vende um serviço e precisa do registro de uma empresa.

MVP – Minimum Viable Product.

MVP, ou Minimum Viable Product (Produto Mínimo Viável), é uma versão mais simples de um produto ou serviço oferecido por uma startup e apresentado a um determinado público para validar a solução e aderência.

Glossário de Startup N – Z

Pitch

Pitch é uma breve apresentação sobre uma startup, projeto, negócio, solução ou produto.O objetivo de um pitch é vender a ideia, encantar e captar investidores e parceiros para que seja possível desenvolver a ideia apresentada.

PME

PME é sigla utilizada para Pequenas e Médias Empresas. Essa classificação, que parte do IBGE, acontece de acordo com o número de colaboradores registrados e o valor faturado por uma organização ao longo do ano.

ROI

ROI é a sigla utilizada para Return on Investments ou se traduzir Retorno sobre Investimentos. Esse indicador serve para apresentar o percentual de ganho gerado em relação ao valor investido em um projeto, negócio ou campanha de marketing.

Saas

SaaS é a sigla utilizada para Software as a Service ou se traduzirmos: Software como um Serviço. É uma estratégia para operacionalizar áreas de TI, bem como entregar sistemas e aplicativos digitais. O grande diferencial do Saas é a utilização de plataformas online e em nuvem para manutenção, armazenamento e operação desses processos.

SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, que significa otimização de páginas para os motores de busca. Na prática, o SEO são as técnicas usadas para um site ou página seja facilmente encontrado em pesquisas em buscadores como o Google ou YouTube.

Spin off

Spin Off é o nome dado à criação de um negócio derivado de uma outra empresa ou projeto.

Startup

Startup é uma empresa em seu estágio inicial, além disso, uma outra característica determinante das startups é a proposta de negócio inovadora, baseada em um modelo escalável de uma solução inovadora para um problema.

Stakeholders

Stakeholders são pessoas ou grupos responsáveis por tomar decisões em uma startup.

Seed Money ou Capital Semente

São os nomes dados aos aportes de capital externo que uma startup recebe para iniciar o seu desenvolvimento e o crescimento da sua operação.

Seed round

É o estágio de uma startup em que ela se encontra disponível para receber os primeiros investimentos, Seed Money ou Capital Semente.

Valuation

Valuation é um método utilizado para definir o valor de uma startup. Para encontrar esse valor são realizadas análises quantitativas como situação financeira, mercado, perspectiva de crescimento. Além disso, também é analisado o cenário e a perspectiva de crescimento do negócio.

Sentiu falta de algum termo? Deixe nos comentários que incluiremos aqui no Glossário de Startup. Para saber mais sobre o universo das startups, continue lendo nossos conteúdos. Veja esse sobre como fazer um bom pitch deck.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo